quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Festas da Vila de Pereira - Feira de artesanato

No passado dia 20, Pereira comemorou mais um aniversario da sua reelevação a Vila, no âmbito das comemorações a junta de freguesia organizou uma feira de artesanato com todos os artesãos da terra.. aqui ficam as fotos das banquinhas de todos os participantes, por lapso não tirei fotos das banquinhas das queijadas de Pereira (doce conventual tradicional de Pereira feito à base de queijo fresco, açúcar e ovos, verdadeiramente delicioso) prometo que para a próxima tiro fotos.

Esta era a minha banquinha, como sempre levo imensas coisas porque nunca consigo escolher o que levar e o que deixar em casa.. com um pouco de esforço coube tudo.







Esta era a banquinha da minha vizinha Graça Silva com quadros e vitrais lindíssimos.

A banquinha da Manuela Mendes, com as suas carteiras e tapetes de trapilho.


A banquinha do grupo de bordados de Pereira, algumas senhoras de Pereira juntam-se aos serões e ensinam umas ás outras os diversos pontos de bordado, criando os lindos trabalhos que podem ver.

O José Ângelo, com os seus trabalhinhos em madeira, caixinhas, carrinhos, suportes para livros, enfim é só ter a ideia que ele faz.

Os quadros e os alfinetes de missangas da Joana Almeida, acabou à pouco tempo o curso de belas artes e agora vai divulgando os seus lindos trabalhos.


Os cestos do sr Valdemar Sousa, arte milenar que quase ninguém quer aprender e que é uma pena se se perder.

As artes da Paula Costa, trabalhos maravilhosos em gesso e quadros em escama de peixe e casulos de seda.


A imaginação do sr Fernando Oliveira consegue sempre surpreender-nos , da mais simples raiz, pedrinha ou pedaço de madeira ele consegue fazer lindas peças, desde estatuetas a crucifixos.

A Susana Eugénia brindou-nos com a sua presença este ano e mostrou-nos as lindas peças de porcelana e painéis de azulejos que ela e o marido pintam.


A Ana Rita Sousa, dedica-se à bijutaria, mas começou agora a fazer outras pecinhas.. fraldas pintadas, quadros.

O André Pimentel Santos, é um jovem filho da terra, que mostrou pela primeira vez a sua arte e que arte, força André, não pares.


O sr Reinaldo Rasteiro é o poeta da terra, há anos que escreve poesias e tudo lhe serve de inspiração, as pessoas, os acontecimentos.


Espero que tenham gostado desta pequena mostra do artesanato de Pereira, para o ano haverá mais e prometo postar com antecedência para que nos possam visitar ao vivo.

2 comentários:

Lau disse...

Ola querida amanha começa um novo leilão, passa la e licita algo por favor em- http://sininhosolidaria.blogspot.com/
e passei para te desejar um bom fim de semana e uma beijoca.

Jokitas

Cor de Mel disse...

Olá Paula,
Tanta coisa linda e colorida!!
Beijinhos grandes e bom fim de semana,
Lia.